sábado, 7 de janeiro de 2012

Lasanha de ricota, abobrinha e cenoura


Oi povo. Feliz 2012!

Primeiro eu queria me desculpar pelo sumisso. Acho que devo uma explicação aos leitores do Tomate Cru (nós temos leitores, certo?). Na verdade muitas coisas aconteceram na minha vida e eu entrei num processo emocional bizarro nesse final de ano. Simplesmente parei de cozinhar. Parei de comer também por um tempo. Tudo que eu colocava a mão na cozinha desandava: a comida ficava sem gosto ou queimava. Fiquei dois meses sem entrar na cozinha praticamente. Depois fui voltando devagar. Cozinhar só para mim me desanimava, eu só cozinhava quando meu filho estava em casa, e olhe lá. Almoçava no Empório Assis, um restaurante árabe, a maior parte da semana. Aos poucos fui melhorando e terminei o semeste na faculdade com um jantar vegetariano de ekadasi: feijão de amendoim, batata gouranga e sabji de inhame e cenoura; sobremesa de mousse de limão. Tudo receitinhas fáceis que vocês já conhecem.

Então fui passar natal e ano novo em Vrajabhumi, um templo em Teresópolis. E adivinha qual foi meu principal serviço lá? Cozinhar! Nossa, tão bom cozinhar para as Deidades novamente! Depois Maharaj pediu para eu cozinhar para os devotos, e fizeram sucesso o bolo e a rabanada. Fico devendo a receita da rabanada aqui ok?

Coloquei a foto dessa lasanha que eu fiz hoje para o almoço no facebook e meus amiguinhos cientistas sociais pediram a receita. Eu faço tudo "de olho", então vou tentar reproduzir uma receita aqui, já que na verdade não uso receita. O negócio é a intuição. Mas vou fazer um esforço, ok?

Ingredientes:
- um pacote de massa de lasanha sem ovo
- ricota
- uma cenoura
- uma abobrinha verde
- molho de tomate (um litro mais ou menos)
- queijo mussarela
- queijo parmesão ralado
- batata palha
- temperos a gosto


Modo de preparo:
A primeira coisa que eu fiz foi o molho. Fritei sementes de mortada no ghee até estourar igual pipoca (Karen já explicou em outros posts) e depois coloquei o molho. Aí adicionei sal a gosto, coentro em pó (tipo meia colher de chá), pimenta-do-reino preta em pó (meia colher de chá) e curry (duas colheres de chá). Estou tentando inventar uma medida, na verdade eu coloco os temperos no olho mesmo. Então acendi o forno para pré-aquecer e fui montar a lasanha.

Num refratário de vidro coloquei primeiro o molho e então a primeira camada de massa para lasanha. Usei uma massa que não necessita ser cozida previamente, ela vai direto ao forno e é muito mais prática. Cubri a massa com molho novamente. A massa deve estar sempre em contato com o molho. A camada seguinte foi de ricota, que pode ser raladinha mesmo. Depois uma camada de tiras bem finas de abobrinha crua mesma, fatiadas com um descascador de legumes (e o mesmo fiz com a cenoura). Então cobri com molho e outra camada de massa etc. Ficou assim na verdade:

molho + massa + molho + ricota + abobrinha em fatias finas + molho + massa + molho + ricota + cenoura em fatias finas + molho + massa + molho + ricota + abobrinha e cenoura em fatias finas + molho + massa + molho + queijo mussarela em fatias salpicado com batata palha e queijo parmesão ralado.


Deixei assar a 180ºC por meia hora e ofereci ao Senhor Supremo. Fica super legal com uma salada fria de repolho roxo, couve chinesa e rúcula que eu não fiz. hahaha

Um comentário:

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...